Bossa n’ Everything

A um tempo atrás, motivada pela vontade de ouvir músicas tranquilinhas, conheci o projeto The Rio Series, iniciativa da Warner Music de fazer uma releitura em electro-bossa de músicas de bandas já conhecidas.

A fusão da bossa nova com hits de bandas de rock como The Rolling Stones, Guns n’ Roses e Ramones, resultou numa ótima coletânea, no melhor estilo chill out.

E hoje, mais uma vez seguindo as ótimas dicas da Marcela Palhares, selecionei algumas músicas bacanas dessas bandas que ganharam versões bossa e ficaram muito boas.

Let’s Spend The Night Together, lançada originalmente como lado B do single Ruby Tuesday, de 1967, e posteriormente lançada no álbum Between the Buttons (EUA), foi até regravada pelo David Bowie em 1973 numa versão mais glam rock. Em razão do conteúdo explícito da letra, a censura americana boicotou os Rolling Stones até cansar e eles não puderam tocar a música nem no Ed Sullivan Show, o programa de auditório mais famoso da época.

The Rolling Stones – Let’s Spend The Night Together


Bossa n’ Stones – Let’s Spend The Night Together

.
.
Paraside City, faixa do álbum Appetite for Destruction, de 1988, é a única música do disco a usar sintetizadores e chegou a ficar entre as top 5 da Billboard naquele ano. A música foi composta por todos os membros do Guns n’ Roses enquanto estavam indo pra um show em San Francisco e a partir de uma brincadeirinha com violões e frases soltas, o Guns conseguiu um de seus maiores sucessos.

Guns n’ Roses – Paradise City

.
Bossa n’ Roses – Paradise City


.

The KKK Took My Baby Away foi composta por Joey Ramone e é a faixa 3 do sexto álbum do Ramones, Pleasant Dreams, de 1981. O álbum foge um pouco do padrão Ramones que todo mundo conhece, pois tem uma pegada mais pop, mas isso não faz com que o disco seja ruim ou coisa do tipo. Essa é uma das minhas favoritas do Ramones, inclusive.

Ramones – The KKK Took My Baby Away

.
Bossa n’ Ramones
The KKK Took My Baby Away


Gostou? Não gostou? Quer sugerir alguma outra coisa pra tocar por aqui?
Larga de ser preguiçoso e comenta aqui embaixo, óh!

Sobre Natália M.

Podendo ser qualquer coisa nessa vida, escolheu ser advogada (mas promete que é uma pessoa legal). É apaixonada por listas, música, livros, filmes, seriados e sorvete de pistache (sim, de pistache). Adora um parêntese, prefere os vilões do que os mocinhos, nunca quis ser bailarina, odeia explicar piada e jamais, em hipótese alguma, come feijão fora de casa (exceto se for feijoada, aí pode).
Esse post foi publicado em Aqui em casa toca, Música e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Bossa n’ Everything

  1. FH disse:

    Bem… browser deu pau, entao vo escrever de novo. hahahah

    Adoro Bossa Nova, principalmente se vc estiver bem acompanhado. :p

    Eu sou musicalmente pobre, nao conheço muito e esse blog veio a calhar muito bem… eu se deixar escuto 24hs de musica latina, poprock e derivados; rock classico também é bem-vindo.

    O bom de ler seu blog e que ascenderei a Classe A rapidamente e terei que fatalmente comprar um HD portatil novo para baixar tanta musica.

    Beijo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s