Blues em 3 simples passos

Seguindo a fórmula do Rock Clássico em 3 simples passos, que já havia postado ano passado, hoje deixo aqui três dicas para amantes e amadores do bom e velho blues.

1. B. B. King – The Thrill Is Gone

Começando pelo vocal rasgado do soberano do blues: B. B. King.
The Thrill Is Gone, composta em conjunto por Rick Darnell e Roy Hawkings, foi gravada primeiramente por Hawkings, mas acabou não emplacando. A música só foi fazer sucesso após ser regravada por B. B. King e lançada no disco Completely Well, de 1969.

2. Stevie Ray Vaughan – Pride and Joy

Uma das minhas favoritas, tanto pela melodia, quanto pela letra, Pride and Joy foi escrita por Vaughan para sua, então, esposa Lenore, e saiu no seu primeiro disco, Texas Flood, de 1983.

3. Muddy Waters – Hoochie Coochie Man

Last, but not least, o delicioso blues de Willie Dixon na voz de Muddy Waters. Gravada por Waters em 1954, a música figura na lista das melhores 500 músicas de todos os tempos da revista Rolling Stones, tanto que já foi regravada por gente como Jimi Hendrix, Etta James, B. B. King, Eric Clapton, Buddy Guy, The Allman Brothers Band e até pelo Motörhead.

Let there be blues, e até a próxima lição😉

Sobre Natália M.

Podendo ser qualquer coisa nessa vida, escolheu ser advogada (mas promete que é uma pessoa legal). É apaixonada por listas, música, livros, filmes, seriados e sorvete de pistache (sim, de pistache). Adora um parêntese, prefere os vilões do que os mocinhos, nunca quis ser bailarina, odeia explicar piada e jamais, em hipótese alguma, come feijão fora de casa (exceto se for feijoada, aí pode).
Esse post foi publicado em Aqui em casa toca, Música e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Blues em 3 simples passos

  1. Jader disse:

    A cada vez que apareço aqui na ‘casa’ rola uma aulinha mesmo.
    Dever de casa anotado pra conhecer mais de Muddy Waters e Stevie Ray Vaughan.
    Bom gosto por aqui tem de sobra!

  2. Ludmila disse:

    Cara, três pérolas garimpadas, né. Mas, sério? Hoochie Coochie Man , na minha opinião, tem a sua melhor versão com o Eric Clapton. Acho que é a que tem mais vida.. sei lá. Mas também sou suspeita pra falar… rs.

    Show como sempre hein dona Nat? =)

  3. Pingback: Jazz em 3 simples passos | Aqui em casa toca…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s